Stravinsky

Eu escuto as mesmas musicas desde os treze. E quando conheço qualquer música nova, ela vira febre até a exaustão, até cada nota estar injetada na minha veia, tatuada sob a minha pele. E cada uma delas tem uma lembrança, revividas a cada vez que eu as escuto.

Eu escuto as mesmas músicas desde que elas me foram apresentadas e nunca consigo abandona-las. Sei que serão uma companhia constante, e sempre que eu quiser voltar a elas, lá elas estarão. 
Gosto de pensar que faço escolhas assim, para sempre. De um minuto para o outro, eu decido o curso do resto da minha vida, entre acordes e dissonâncias.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s